Online

VAI ESQUENTAR: Band critica ‘Simba’ durante telejornal; SBT rebate

A TV Bandeirantes decidiu entrar na briga entre SBT, Record e RedeTV! com várias operadoras de TV por assinatura.

Esses três canais, como já é do conhecimento do telespectador, compõe a Simba, empresa que negocia os sinais das três redes com as operadoras. Aliás, os três canais também vêm atacando as operadoras em forma de reportagens em seus mais diversos programas e telejornais.

O Jornal da Band desta sexta-feira destacou que os canais da Simba querem 15 reais por mês de cada cliente assinante. Uma reportagem foi às ruas e apenas mostrou o público dizendo que não estava disposto a pagar esse valor mensal por algo que já é de graça: a TV aberta.

A reportagem ainda deu a entender que seria mais vantajoso que o cliente que queira ver aos canais da Simba compre uma antena de TV digital, que custa “a partir de 38 reais”.

A matéria enfatizou também que os três canais que brigam com as operadoras perderam bastante audiência desde o último dia 30.

O Jornal da Band, que é comandado por Ricardo Boechat e Paloma Totti é patrocinado por uma empresa de telefonia celular, que também atua no mercado da TV por assinatura e pertence ao maior grupo desse setor.

A Bandeirantes tem no seu grupo os canais Band Sports e Band News, que recebem centavos de cada assinante em um montante que compõe o aglomerado da TV Paga.

Na noite desta sexta-feira, o SBT “respondeu indiretamente” a reportagem exibida pela com um comunicado publicado no site oficial da emissora. Na nota, a emissora salienta que cobrar as operadoras de TV paga pelo carregamento de seu sinal digital é procedimento legal; afirma também não querer repassar qualquer custo ao assinante. E atesta o compromisso firmado junto ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de investir em produção de conteúdo e na criação de novos canais pagos.

Postar um comentário