Online

#ForaGlobo : Equipes da Globo e GloboNews são hostilizadas durante protestos na Paulista

Equipes de TVs presentes na tarde deste domingo na Avenida Paulista para cobrir os atos pró-impeachment foram hostilizadas por manifestantes. Os maiores alvos desses vândalos disfarçados de manifestantes eram profissionais da TV Globo e da GloboNews. Uma coisa completamente sem noção.

Os jornalistas e cinegrafistas, que estavam ali para trabalhar, até suportaram os xingamentos, mas em determinado momento a fúria contra o pessoal da Globo tomou uma proporção muito maior.

Algumas pessoas começaram a atirar moedas, latas e garrafas de cerveja e aumentaram os xingamentos.
Isso levou o repórter José Roberto Burnier a deixar o local antes do fim das manifestações. Uma repórter da GloboNews acabou sendo atingida por uma lata de cerveja. Lamentável.

Os protestos contra o governo da presidente Dilma Rousseff ocorreram em 22 Estados, além do Distrito Federal. Em São Paulo, foi estimado de 40 mil (segundo o Datafolha) a 80 mil pessoas (segundo os organizadores) o numero de manifestantes na Avenida Paulista - de acordo com a PM, foram 30 mil.
UOL

Postar um comentário