Online

GREVE GERAL: “Perdi R$ 25 mil com a greve”, reclama marido de Ana Hickmann


Alexandre Correa, marido de Ana Hickmann, fez um longo manifesto em vídeo contra a greve. Na função Story do Instagram – em que as publicações são apagadas em 24h -, o empresário que controla uma loja de produtos com o nome da esposa falou sobre os efeitos da paralisação geral desta sexta-feira (28) sobre o seu negócio: “Com muita tranquilidade, posso dizer que estou deixando de faturar uns 25 000 reais”, desabafou em entrevista à revista Veja.

Como seus funcionários não conseguiram chegar ao local por causa da paralisação dos transportes públicos, Correa não conseguiu abrir a loja. “Não sou só eu que perco. Tem os impostos também, tem comissão de vendedor e gerente, os meus fornecedores estão apoiados em vendas futuras minhas. É um efeito dominó ao contrário”, contou.



Alexandre Correa /Foto: Reprodução/Instagram

Desde a última quinta-feira (27), o empresário está fazendo uma série de postagens nas redes sociais contra os grevistas – chegando a chamá-los de “cornos” – e até mostrou o dedo do meio: “Tem muita gente que ficou ofendida porque chamei manifestante de corno. Manifestante não é corno, é filho da p***. Por que não vai fazer manifestação no dia 1º de maio? Olha aqui, a empresa inteira parada”, disse no vídeo postado na noite de ontem.

Por este motivo, Alexandre contou que passou a receber várias críticas em seus posts: “Começa com aquela história de que eu sou branco rico e não me importo com o próximo. Elas acham que é preconceito meu. A gente fica aqui trabalhando, pagando imposto e é vítima de uma greve infundada. A greve é um direito, mas, a partir do momento em que tira o direito de ir e vir de terceiros, causando prejuízos, eu não sei que greve é essa”, justificou.

Postar um comentário