Online

É PRA RIR NÉ? Belo chama a polícia após Gracyanne Barbosa ficar com intestino 'preso'

A ex-dançarina e fisiculturista Gracyanne Barbosa relatou aos fãs, em postagens no Snapchat, uma história no mínimo hilária, ocorrida na casa dela e do marido, o cantor Belo. Por conta da alimentação controlada e dos cuidados com o corpo, a modelo afirmou ter passado oito dias com prisão de ventre, situação que ela considera normal. Quando finalmente foi ao banheiro, pediu ao artista que fechasse a porta para que ela conseguisse "fazer o número dois". Belo, que escutou o pedido da esposa de outro andar na casa, deu outra interpretação para o pedido. Temendo que a mulher tivesse sido sequestrada, ele acabou chamando a polícia.

Segundo Belo, parecia que alguém tivesse invadido a casa do casal. Desesperado, ele até subiu no telhado para pedir para que a vizinha chamasse a polícia. Antes que os dois se encontrassem no banheiro para desfazerem o mal-entendido, a polícia já havia sido acionada."Eu só queria fazer cocô e não fiz!", conta a modelo para seus fãs.

"Eu estava travada lá, sem conseguir fazer o número dois porque a porta estava aberta e gritava: 'amor, fecha a porta'. Só ouvia aquele silêncio. Minha irmã estava dormindo. De repente, vi a cortina se mexendo, gente no telhado e comecei a gritar. O Belo então gritou desesperadamente: 'amor, amor, onde é que você está?'", postou.

A fisiculturista disse não entender o chamado constante do marido pela casa. "Achei que ele estava de sacanagem e não me deixando fazer as necessidades que eu precisava tanto. Eu ouvi aquele barulho de gente no telhado, a correria, os cachorros latindo... E eu pensando 'só precisava fazer cocô'", conta.

"Foi quando o ouvi chamar a minha irmã e falar para ela ir dentro do salão devagar, porque eu estava dentro do salão, presa, tinha sido sequestrada e que era para ela ir lá me chamar para ele poder pegar os bandidos", relata. "Sabe o que é isso? Muito videogame antes de dormir!", diz Gracyanne dando gargalhadas.

Correio Brasiliense

Postar um comentário