segunda-feira, 20 de junho de 2016

Admin

ABSURDO: Portal IG demite repórter que denunciou assédio de MC Biel


No dia 3 de junho uma repórter do iG denunciou assédio que sofreu ao entrevistar MC Biel para uma pauta. O caso ganhou repercussão nacional. Biel pediu desculpas só cinco dias depois e, mesmo assim, perdeu contratos importantes para a sua carreira.

A jornalista tirou uma "licença" para se recuperar emocionalmente do caso no dia 6 de junho. Mas foi demitida. Desde a noite desta sexta-feira (17), quando a notícia da demissão dela veio a público, as pessoas estão querendo saber qual foi o motivo.

HuffPost Brasil | De Andréa Martinelli

Depois que o jornalista Fernando Oliveira tuitou sobre o caso, a notícia se espalhou rápido pelas redes sociais. E perguntas como: "Qual é a justificativa para deixar sem emprego uma mulher que enfrenta a Justiça contra um homem famoso após relato de assédio? Uma mulher que vocês prometeram ajudar?" foram feitas por páginas feministas e também por outros usuários de redes sociais:


Desde que a notícia foi divulgada o portal está sendo marcado em diversos posts nas redes sociais.


Além disso, na própria página do portal no Facebook, em matérias que não tem relação com o caso, as pessoas estão cobrando uma posição do site sobre o ocorrido.
ig comentários
comentários ig
Patrícia Moraes, editora-executiva do iG que assinou a matéria sobre a denúncia da repórter, disse à época ao Ego que a empresa decidiu dar uma “licença” para a repórter porque ela estava “muito abalada emocionalmente” após a divulgação do caso.
Até a publicação desta matéria o HuffPost Brasil não obteve uma resposta do portal iG sobre o caso. Ao BuzzFeed, o portal disse que não irá se pronunciar sobre o assunto ou sobre a demissão da jornalista.
A repórter que sofreu o assédio não se manifestou publicamente sobre o caso ou sobre a demissão. Segundo fonte do HuffPost Brasil, desde o início da cobertura sobre o caso de assédio pela imprensa, a vítima foi orientada por sua advogada a não dar depoimentos. Sua única fala foi para o iG, assim que a denúncia veio à tona:
"Quando ele disse, logo de cara, 'se eu te pego, te quebro no meio', já fiquei com o pé atrás. Estranhei o fato de não ter um filtro no que ele dizia, não ter uma certa barreira ou limite na relação entre repórter e entrevistado. A partir do momento que ele falou isso, minha primeira reação foi um choque. Ele trata assim mesmo quem está ali trabalhando com ele, e enquanto ele está trabalhando também?
Estou acostumada a entrevistar famosos e a primeira coisa que pensei foi que aquilo não estava acontecendo. A entrevista terminou, peguei minhas coisas e fui embora. Entrei no táxi e tremia. Aí, comecei a chorar. Lembrei das pessoas da sala que estavam rindo, de tudo que ouvi uma vez, duas vezes, quatro vezes. Quando saí, percebi tudo que aconteceu, e tantas coisas que ouvi em dez minutos e é aí que você percebe o absurdo da situação."
Na noite de ontem, sexta-feira (17), momentos antes da notícia da demissão da jornalista ser divulgada, Biel tinha sido denunciado novamente, também por uma jornalista.
O nome da repórter e do veículo permanecem em sigilo, mas de acordo com informações do Ego, a denúncia foi acolhida pela titular da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo, Giovanna Valenti. Segundo ela, o cantor agora irá responder a duas investigações.
Entenda o caso
O assédio aconteceu em maio com uma repórter do portal iG, durante uma entrevista com o cantor sobre o seu novo CD. A notícia foi divulgada inicialmente pelo iG em 3 de junho e ganhou repercussão nacional.
Gabriel Araújo Marins Rodrigues, de 20 anos, foi denunciado pela profissional na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual. De acordo com o relato, ele chamou a jornalista de “gostosinha” e disse que “a quebraria no meio” se mantivessem relações sexuais.
Durante a conversa, a repórter menciona que tem quase a mesma idade do cantor. Ele responde: "Idade não significa nada. Se te pego, te quebro no meio". Depois, ela questiona se ele é bissexual, em menção às buscas no Google sobre "Biel é bi?". O artista retruca: "Por quê? Você quer que eu te mostre com atos e ações? E eu sou heterossexual. Eu gosto é de boceta".
Em outra parte do vídeo, Biel pede que a jovem atenda a uma ligação em seu celular. Ela fala ao telefone e explica que ele não pode atender, pois está em uma entrevista. Em seguida, Biel retorna a ligação. Ouça os trechos originais de conversa entre Biel e repórter do iG.
E não para por aí
Cinco dias após a repercussão, o cantor pediu desculpas à mulher que sofreu abuso, aos fãs, familiares e a quem mais "se sentiu ofendido" com suas ações.
"Nunca imaginei que minhas palavras poderiam machucar quem me entrevistava, então estou aqui para me desculpar não só com a repórter, mas com todas mulheres que se sentiram ofendidas com as minhas palavras. Acho que estou em dívida com a minha família, não foi a educação que eles me deram e isso não vai acontecer de novo."
Mas a rejeição foi tanta que até o Comitê Internacional Olímpico Rio-2016 desconvidou Biel da lista de participantes do revezamento da tocha olímpica, alegando que o Comitê quer que revezamento passe "uma mensagem de paz e não quer aliar o evento ou os conceitos de olimpismo a esse acontecimento", disse o COI em nota.
Além disso, programas globais como "Caldeirão do Huck" e "Fantástico" suspenderam exibição de quadros com participação do funkeiro. A sua música,Química, também foi retirada da novela das 7h da emissora, Haja Coração. A Tilibra, empresa de itens de papelaria, também cancelou um contrato de R$ 400 mil com o cantor.

Admin

About Admin -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Receba Notícias da TV por E-mail

COMENTE E VEJA SE SEUS AMIGOS CONCORDAM!!!