Online

OPA OPA: Nova primeira-dama Marcela Temer tem nudes roubados por hacker brasileiro

Marcela Temer, a esposa do atual presidente interino Michel Temer, teve fotos íntimas roubadas por um hacker brasileiro. Ele teria exigido R$ 300 mil para não vazar as imagens publicamente, após obtê-las do celular pessoal da primeira-dama. O homem de 31 anos, que não teve identidade revelada, foi preso na última quarta-feira (11) pela Polícia. As informações são da Folha de São Paulo.

De acordo com o jornal, a invasão do hacker se deu primeiro em um serviço de armazenamento de arquivos online de Marcela, de onde ele também conseguiu acesso ao celular da vítima. Do aparelho, o criminoso obteve a agenda de contatos para ligar para familiares, além das três fotos íntimas usadas para chantagem.


A investigação durou 30 dias, e culminou na prisão do hacker, além de suas mulher e cunhada, acusadas de serem cúmplices. O homem trabalhava como telhadista em São João Clímaco, bairro da região sul de São Paulo. Os três estão sendo indiciados por extorsão, mas a defesa pede que seja considerado crime de estelionato.

Segundo o advogado do hacker, seu cliente não sabia que a vítima se tratava da mulher de Michel Temer.



Ele nunca se meteu com isso, apenas viu uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil e não percebeu que era a mulher de um homem importante.

Postar um comentário