Online

DE COSTUME: Apresentador do SBT, Danilo Gentili destila preconceito no Twitter

Danilo Gentili destila preconceito ao chamar Regina Sousa, senadora negra do Piauí, de 'tia do café'


HuffPost Brasil | De Ana Júlia Gennari

Durante a votação do processo de impeachment no Senado, na noite desta quarta (11), Danilo Gentili não deixou de fora sua tendência a despejar preconceitos no Twitter.

Quando a senadora Regina Sousa (PT/PI) foi discursar contra o impeachment da presidente Dilma Roussef, Gentilli tuitou:

Regina é mulher negra e senadora do PT pelo estado do Piauí. Em sua fala no Senado, ela criticou o sexismo e a misoginia que vê como componentes fortes nesse processo:


"É como se nos dissessem 'mulher não pode'. Reafirmo que desde o início esse era um jogo jogado, decidido. (...) A história da humanidade está cheia de golpes travestidos de atos democráticos. Quem é que não ouviu que iria se implantar a ditadura para se preservar a democracia?", afirmou.

Segundo a senadora, o governo Temer não vai contemplar o subsídio de programas que favoreça a camada mais pobre da população: "Logo logo vai ficar claro quem vai pagar o pato: negros, indígenas, mulheres, população LGBT, religiões de matriz africana, políticas de cotas, Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, luz para todos."

A comparação racista e elitista feita pelo apresentador dividiu as pessoas nas redes sociais.

Alguns o apoiaram e endossaram o coro de preconceitos:


Já outros o criticaram arduamente pela colocação:

O jornal EXTRA fez uma nota, ainda na noite de quarta (11), sobre a repercussão da fala de Gentili.
O comediante se irritou com a matéria e respondeu em seu Twitter que apenas "zuou a senadora" pela dificuldade que ela tinha em se expressar -- como se isso melhorasse o cenário e não fosse extremamente elitista:
De acordo com o EXTRA, na noite de ontem a assessoria da senadora Regina Sousa ainda desconhecia a declaração de Danilo Gentili, mas afirmou que iria se posicionar nesta quinta-feira (12).

Postar um comentário