terça-feira, 15 de dezembro de 2015

TVI Vídeos

MEDO DO FRACASSO: Globo ganhe direitos de transmissão das Olímpiadas para celulares


Vocês lembram quando a Globo foi impedida de transmitir os jogos olímpicos na TV aberta? Para garantir que esse tipo de coisa não aconteça de novo, o Grupo Globo garantiu os direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos no Brasil até 2032 em todas as plataformas. A grande diferença é que no caso dos televisores, a empresa não possui exclusividade. No entanto, em todas as outras plataformas, como a TV por assinatura, Internet, telefonia móvel etc, apenas os produtos da Globo poderão realizar a transmissão. O valor da transação não foi divulgado.

As últimas Olimpíadas quase não deram ibope, uma surpresa para a Record que teve exclusividade na plataforma, este problema acabou tornando a disputa no leilão muito mais fácil para a Globo, por falta de interesse de outros grupos. Durante à época das Olimpíadas no ano passado, a Record perdeu até para os filmes repetidos da sessão da tarde. O desembolso da Record foi muito alto para o que lhe rendeu, a empresa não apenas teve de pagar um alto valor ao Comitê Olímpico Internacional (a estimativa no mercado era de US$ 60 milhões), mas também a cobertura em si. A Record enviou uma equipe de 300 pessoas para a cobertura do evento.

De acordo com uma fonte próxima as duas partes, os direitos para as plataformas onde o grupo tem exclusividade podem ser divididos com outros grupos, caso a conta pese. Vale dizer o acordo também vale para os jogos de inverno, o pacote inclui os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, em 2018; os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020; os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, em 2022; além das edições até 2032 ainda sem local definido. O valor acertado será pago ao COI até 2032.

Com a baixa audiência gerada pelos jogos nos últimos anos, é provável que as olimpíadas mais lucrativas do pacote sejam aquelas de 2020, porque os mesmos serão exibidos no Brasil durante a madrugada, não afetando a grade de programação do canal e nem comercialização normal de publicidade. O patrocínio ao evento, portanto, afeta o faturamento apenas de modo positivo.

Cada vez mais o investimento em esportes se tornou a principal estratégia dos grandes grupos de mídia para sobreviver às mudanças na forma de consumo de conteúdo. Desde que o futuro da televisão passou a ser comprovadamente a internet, apenas os canais esportivos são os que tem algum valor em um cenário no qual a distribuição de conteúdo de forma não-linear tende a ser dominante, através do vídeo sob demanda.

Segundo os executivos do setor o valor do esporte já é sentido nas negociações das programadoras com as operadoras de TV paga. "Todos os grupos de mídia que investiram em canais de esportes nos Estados Unidos conseguiram valorizar todo o seu conjunto de canais, mesmo com a queda da base", diz uma fonte. "A conta dos canais esportivos não fecha. O custo da operação e do conteúdo desses canais só pode ser pago pelo pacote completo de canais oferecido às operadoras", explica.

TVI Vídeos

About TVI Vídeos -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Receba Notícias da TV por E-mail

COMENTE E VEJA SE SEUS AMIGOS CONCORDAM!!!