Online

Band é processada por cancelar etapa da “Fórmula Indy” em São Paulo

http://i.imgur.com/uBJ8B1K.jpg
Atualmente a situação da Band não é uma das melhores. Saída de Otávio Mesquita, Sabrina Sato indo para a Record, Danilo Gentili praticamente no SBT, e agora a emissora dos Saad terá que enfrentar uma ação judicial movida pela Indy.
A administração da Indy ingressou com uma ação judicial contra o Grupo Bandeirantes por causa do cancelamento da “SP Indy 300″, etapa brasileira da categoria realizada nas ruas do Parque do Anhembi, em São Paulo.
O processo deu entrada no último dia 12 de dezembro na Corte de Indiana por conta da quebra de contrato, que, inicialmente, previa a realização de sete corridas em terras paulistanas – de 2010 a 2016. Na sequência, a duração do acordo foi prorrogada até 2019. Contudo, conforme apurou o site “Grande Prêmio” em setembro, a prova foi cancelada para 2014 em função de um reajuste de gastos da emissora do Morumbi.
O site do MSN também soube que a Band procurava se livrar do processo e das multas decorrentes tentando achar outra praça que não o Anhembi para seguir com a corrida em terras brasileiras, transmitindo a categoria pela TV – uma prova urbana nas ruas das cidades de Porto Alegre (RS) e até mesmo de Brasília foram opções sondadas, porém não houve acordo, mesmo com o Grupo Petrópolis, que patrocina Tony Kanaan através da marca de seu energético TNT, sendo um dos apoiadores da ideia. Desta forma, o calendário do próximo campeonato foi fechado com 18 corridas, entre março e agosto, e sem o Brasil.
A ação que foi movida contra o Grupo Bandeirantes visa garantir o ressarcimento financeiro por conta da quebra do contrato. O início do processo nos EUA indica, assim, que o canal dos Saad não deve realizar a corrida – nem mesmo em uma possível temporada de inverno, cogitada pela categoria e que realizaria eventos fora da América do Norte, incluindo Europa e América do Sul – muito menos transmitir a Indy no Brasil.
Procurada, a Band ainda não se manifestou a respeito do assunto.

Postar um comentário