Online

FOI GRAVE: Globo deverá pagar indenização à mulher que sofreu acidente no “Domingão”

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte condenou a TV Globo e a subsidiária brasileira da Endemol à pagar uma indenização de R$2.500,00 mensais para Monaliza de Oliveira Fontes, que alegou ter ficado deficiente após acidentar-se no quadro “Maratoma”, do “Domingão do Faustão.
Além da indenização, a emissora carioca deverá custear todo o tratamento médico de Monaliza.
A participante teria durante as gravações do programa, caído de uma altura de 3 metros ao realizar uma gincana, isto teria causado uma luxação de fratura exposta no tornozelo direito e lesão em partes da articulação.
Após diversas cirurgias, denominada artrodese de tornozelo, o procedimento foi irreversível e o tornozelo direito foi fixado em 90º, ficando sem qualquer movimento articulador, isto a impossibilitou de trabalhar, deixando-a sem qualquer tipo de renda fixa.
A decisão do TJRN foi publicada na última quinta-feira (18) e ainda cabe recurso tanto pela Endemol Brasil, produtora do “Maratoma” quanto pela TV Globo.

Postar um comentário